Thumbnail 1
Radio Portal Inconfidentes

Dia da Cachaca Mineira , 21 de maio, sugestões de cachaças que marcaram a historia e receitas

No Dia da Cachaça Mineira, dia 21 de maio, a grande homenageada é Minas Gerais. A comemoração acontece desde 2001, a data foi escolhida por marcar o início da safra da cana-de-açúcar no estado.  Considerada a maior região produtora de cachaça artesanal do país com mais de 200 milhões de litros por ano, são cerca de 5 mil produtores cadastrados no Ministério da Agricultura.

Sempre presente no cotidiano dos brasileiros, a cachaça é uma bebida versátil e atende a todos os gostos. Não é à toa que é um dos destilados mais consumidos do mundo e ainda carrega a fama do drink queridinho do brasileiro, a Caipirinha. Mas, o Brasil não vive só de Caipirinha, os mixologista atualmente trazem inúmeras receitas criativas com a bebida, e os chefs também na preparação de variados pratos. Além da tradicional e aclamada “dosinha” que acompanha muito bem um aperitivo.

Para celebrar esta data tão importante no calendário de Minas e do Brasil, uma seleção de cachaças mineiras especiais para se consumir das mais variadas maneiras: Cachaça Santo Grau Coronel Xavier Chaves, Cachaça Espírito de Minas e Cachaça Saliníssima. Um trio que não pode faltar na coleção particular de nenhum entusiasta do destilado.

A Cachaça Santo Grau Coronel Xavier Chaves é a tradicional branquinha mineira elaborada artesanalmente. O engenho de Coronel Xavier Chaves, em Minas Gerais, é considerado o mais antigo em funcionamento no Brasil. Adquirido pela família da histórica figura de Tiradentes, o engenho e seus segredos na produção de cachaça passam de geração em geração da família Chaves, desde 1755.

Já a Cachaça Espírito de Minas, elaborada em uma fazenda colonial na pequena cidade mineira de São Tiago, é reconhecida por seu pioneirismo no mundo da cachaça, foi uma das primeiras a desbravar o mercado de cachaças de alta qualidade, quebrando barreiras e valorizando a categoria, colocando a cachaça artesanal lado a lado com outras bebidas premium consagradas nos melhores bares e restaurantes.

Ainda, a Cachaça Saliníssima carrega as tradições da autêntica cachaça mineira da região de Salinas, conhecida como a Capital Mundial da Cachaça. Elaborada respeitando os métodos de produção das melhores cachaças artesanais da região, a Saliníssima é envelhecida em barricas de Bálsamo, madeira brasileira tradicionalmente usada para o envelhecimento de cachaças da região mineira.

As três cachaças podem ser encontradas nas melhores redes de varejo do Brasil e em diversos e-commerce de abrangência nacional.

Sugestões de drinks com cada uma delas para comemorar a data em grande estilo:

Caipirinha de 3 limões com rapadura e Cachaça Saliníssima
Ingredientes:
70 ml de Cachaça Saliníssima
½ Limão Tahiti
½ Limão Siciliano
½ Limão Cravo
3 colheres de rapadura cortada
Gelo

Modo de preparo:
Em um copo de caipirinha, acrescente todos os limões cortados em fatias finas, a rapadura e macere suavemente. Acrescente o gelo, a cachaça e mexa bem.
Dica: Cuidado para não macerar demais, isso pode amargar sua caipirinha.

Caipirinha de limões Tahiti e Siciliano e Toranja com Cachaça Espírito de Minas – por Luiz Daniel Mussolin, da Casa Porteña
Ingredientes:
½ Limão Tahiti
½ Limão Siciliano
¼ Toranja (grapefruit)
1 colher (sopa) de açúcar
70 ml de Cachaça Espírito de Minas
Gelo

Modo de Preparo:
Em um copo de caipirinha, acrescente os limões e a toranja cortados em fatias finas, o açúcar e macere suavemente. Acrescente o gelo, a cachaça e mexa bem.
Dica: Cuidado para não macerar demais, isso pode amargar sua caipirinha.

Caipirinha clássica de limão com Cachaça Santo Gau Coronel Xavier Chaves
Ingredientes:
1 Limão Tahiti
1 colher (sopa) de açúcar
70 ml de Cachaça Santo Grau Coronel Xavier Chaves;
Gelo

Modo de Preparo:
Em um copo de caipirinha, acrescente todos os limões cortados em fatias finas, a rapadura e macere suavemente. Acrescente o gelo, a cachaça e mexa bem.

Dica: Cuidado para não macerar demais, isso pode amargar sua caipirinha.

Créditos fotos Espírito de Minas e Santo Grau: Tales Hidequi.

Publicado em: 16/05/21 197


Escreva sua resposta

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Card image

Sua logo com link aqui por apenas R$ 120, 00 por ano