• Programa de Turismo Rural supera expectativa de participantes na região de Mariana e Ouro Preto.

    Programa de Turismo Rural supera expectativa de participantes na região de Mariana e Ouro Preto.

    O primeiro módulo do programa Agente de Turismo Rural, na região de Ouro Preto, superou as expectativas dos novos alunos do Senar Minas. Nesse início, a turma aprendeu noções da atividade turística no meio rural, suas modalidades e o perfil das pessoas das grandes centros que buscam com frequência lugares tranquilos e que apresentem tudo que o meio rural tem em abundância. Além disso, os participantes conheceram propriedades rurais com potencial para o agroturismo e empreendimentos que já recebem visitantes.

    O grupo é composto por representantes de Itabirito, do Parque Estadual do Itacolomi e de Ouro Preto. “A turma é extremamente capacitada, interessada e quer mudar a região. Entre as propostas do módulo, fomos ao centro histórico de Ouro Preto. A atividade final era se fazer de turista para os guias de lá e questionar sobre roteiros para os distritos. A atividade dá margem para eles criarem ações para mudar esse cenário. Esse é o desafio deles”, explicou a instrutora do curso e turismóloga, Fernanda Silva.

    Para o participante Ícaro Brito, um dos destaques foi a estrutura e a metodologia do Senar Minas. “Esse curso tem um conteúdo fantástico! Superou imensamente a expectativa, com a estrutura e a condução da Fernanda. É muito bacana poder interagir com pessoas tão diversas, capacitadas e com tanta vontade de trabalhar. Daqui para frente, espero que os laços de amizade se fortaleçam e se tornem laços profissionais. O turismo e os municípios envolvidos só têm a ganhar”, enfatizou.

    O historiador Carlos Alberto Antunes do Carmo atua na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Itabirito, no Centro de Referência e Informações Turísticas, e também como guia local e em projetos de turismo. “Foi uma experiência enriquecedora, uma oportunidade de conhecer a região dos inconfidentes, as potencialidades desta região e as viabilidades de negócios. Para mim foi muito importante. Espero poder empreender nesta área”, afirmou.

    Já Raquel Silva mora no distrito de São Bartolomeu, em Ouro Preto, há 11 anos. “O programa trouxe o conhecimento que era preciso para fomentar o turismo rural onde eu moro, e o melhor: usando os recursos que estão totalmente disponíveis na região. Foi muito interessante aprender, de forma prática, inteligente e didática, a fazer isso da melhor forma possível”, contou.

    Para o condutor Marco Aurélio de Oliveira, que mora também mora no distrito e entorno, a expectativa para o programa já foi superada. “O curso está sendo ainda mais enriquecedor para o meu currículo. Muito obrigado ao Senar pela oportunidade”, completou.

    O programa

    Ao promover a qualificação sobre serviços, segurança, condução, hospedagem, meios de alimentação e comercialização de produtos e negócios, o Senar busca despertar nos participantes uma visão diferenciada do potencial turístico da área rural e formar profissionais capazes de promover iniciativas que contribuam para o desenvolvimento do campo.

    O programa é dividido em seis módulos, com duração total de seis meses. O próximo encontro, que terá segurança como temática, está previsto para 27 a 31 de agosto. O programa é realizado em parceria com o Sindicato de Produtores Rurais de Mariana.

Imagens relacionadas